Logotipo-2021_Bravo-Business.png

COMO SE PREPARAR PARA O INESPERADO

Atualizado: Abr 10



Certamente 2020 foi um ano desafiador para as empresas, algumas delas tiveram que se reinventar, outras identificaram oportunidades e outras, ainda, lutaram pela sobrevivência. Independente de qual situação sua empresa passou, ficou evidente que as empresas precisam estar sempre bem preparadas para situações adversas, e é nesse sentido que instigamos essa reflexão: esteja preparado para o inesperado. Seria possível? Acreditamos que sim.


Neste texto, nossa consultoria traz três conselhos para gestores na linha de comando, que podem lhes ajudar a se preparar para os desafios que poderão vir, seja em 2021, ano que se inicia, ou mesmo durante os anos seguintes.


Primeiro Conselho

Crie Cenários Futuros


A criação de cenários nos possibilita analisar situações futuras com antecedência, para que possamos saber lidar melhor com as adversidades. O escopo é simples, mas a implementação costuma ser complexa e envolve grande capacidade analítica dos gestores.


Mas afinal, como criar cenários? O primeiro passo é a criação de premissas fundamentais, ou seja, mapear quais são as variáveis contextuais que precisam ser consideradas. Então podem ser elaborados três cenários com diferentes indicadores para cada uma das variáveis. Por exemplo, identifique o pior que poderá acontecer, este poderá ser o cenário pessimista. Assim como, o melhor resultado seria o cenário otimista. Mas tenha em mente, cada um dos cenários precisa ter variáveis objetivas e uma justificativa qualitativa que explique as decisões. Acreditamos que esse estudo precisa ser constante e participar do planejamento estratégico da empresa.


Por fim, estamos falando de previsão do futuro? Absolutamente não. O que retratamos aqui é uma gestão proativa que, além de elaborar planos com objetivos a serem alcançados, também está considerando análises para situações adversas e que está se preparando para mais de um caminho potencial a seguir. Ninguém é capaz de prever o futuro, mas podemos nos preparar para lidarmos com situações adversas.



Segundo Conselho

Crie uma reserva financeira de alta liquidez


Pode ser desafiador para algumas empresas criar uma reserva financeira de alta liquidez, mas a grande verdade é que a maioria das empresas precisa recorrer a uma combustão financeira durante sua trajetória. Se isso é verdade, por que não fazer com que a sua empresa possa se financiar em situações como essa?


Estamos aqui falando de empresas de médio e pequeno porte nesse momento, que não possuem um sistema de governança robusto. Acreditamos que uma reserva financeira oferece maior segurança aos gestores e isso sim tem um papel fundamental na tomada de decisão. A primeira medida, em caso de dificuldade, não precisa ser necessariamente o endividamento com o banco. Poder decidir de onde virá o capital extra necessário é uma vantagem grande, até mesmo maior segurança na hora da negociação de taxas com terceiros.


Quando falamos de economia pessoal, todos sabem que é preciso criar reservas financeiras, mas por que não o fazem? Porque o grande desafio aqui é mudar o mindset: a forma como vemos a nossa gestão financeira. E se as pessoas físicas precisam mudar seus mindsets porque isso não pode acontecer também com executivos? Exatamente, formar uma reserva de capital está atrelado a diretrizes organizacionais e financeiras que são resultado da visão dos gestores. Então, por quanto tempo sua empresa consegue sobreviver sem receita?




Terceiro Conselho

Monitore o contexto externo



Todo o bom gestor é munido de informações de mercado, da economia e do mercado global, mas vale a pena reforçar, se você é gestor e tem acompanhado pouco as notícias, precisa se atualizar e há meios práticos que facilitam esse processo. A seguir, vamos trazer algumas orientações que pode lhe ajudar.


Um conselho é assinar gratuitamente para receber o Boletim Focus por e-mail, assim você será sempre atualizado a cada nova projeção. Entidades de pesquisas fornecem algumas pesquisas com o consumidor gratuitas, Euromonitor é uma reconhecida empresa da área. Pesquisas cientificas já constataram que um meio dos gestores se informarem sobre o setor é conversando informalmente com fornecedores e até mesmo concorrentes, todos se beneficiam da rede. E claro, fique por dentro das notícias de jornais de grande credibilidade, se possível assine conteúdos de revistas internacionais como a The Economist.


O mercado passa por mudanças constantes e, ainda, disruptivas de tempos em tempos. Lembre-se de revisar suas projeções a cada novas informações. Acreditamos que esse processo acontece como um ciclo PDCA, não existe uma projeção única definitiva, mas sim um processo contínuo de aprendizagem.

Posts recentes

Ver tudo

O QUE É ESTRATÉGIA DE MARKETING?

Segundo (Varadarajan 2010), a estratégia de marketing é o padrão integrado de decisões de uma organização que especifica suas escolhas cruciais em relação a produtos, mercados, atividades de marketing

5 MITOS DA INOVAÇÃO

> 1ºmito: momento Eureka! Grandes ideias são partes de um processo inovador, mas elas não necessariamente criam inovações. Um estudo conduzido com 123 empresas mostrou que executivos percebem que são

POR QUE MUITOS NEGÓCIOS FRACASSAM | ARTIGO

> Líderes que não adaptam seu negócio Ao iniciar um novo negócio é essencial um bom planejamento e, principalmente, muito trabalho e persistência. Porém, não são necessariamente esses atributos que fa